aceleradora de startupsPowered by Rock Convert

Ter uma estratégia de negócios bem estruturada, com objetivos claros, tem se mostrado cada vez mais um grande diferencial competitivo — principalmente no mundo globalizado em que vivemos, no qual o mercado de nossos concorrentes é agora de nível mundial e não apenas local. Nesse contexto é que as OKRs se tornaram uma metodologia de sucesso.

Da sigla em inglês “Objective and Key Results”, a princípio elas foram testadas e validadas pelo Google, que passou de uma equipe de 40 funcionários para 60 mil em pouco mais de 10 anos. Essa realidade demonstrou o poder da ferramenta, que tem sido útil para empresas de qualquer tamanho, sendo utilizada, inclusive, pela Netflix.

Quer saber mais sobre as OKRs e suas características? Confira o post que preparamos sobre o assunto!

Como funcionam as OKRs?

Na prática, a ferramenta é aplicada para ajudar a alinhar as perspectivas e propósitos da empresa com os resultados das equipes de colaboradores. Como o próprio nome já diz, existem dois pontos centrais da metodologia: os objetivos (Objective) e os resultados-chave (Key Results).

Para aplicá-la, o empreendedor deve responder “aonde quero chegar?” e “como saber se estou chegando lá?” logo de início, ou seja, escolher qual métrica será a responsável por medir seu progresso durante o trimestre.

Vamos imaginar que você tenha como objetivo o aumento do empenho de seus funcionários. Quais seriam as métricas para saber se isso está acontecendo? Obter uma média de satisfação mensal de 5 pontos é uma medida plausível e uma forma de saber se as ações estão surtindo efeito.

Quais são as principais características das OKRs?

Pensando em esclarecer melhor a metodologia, separamos as principais características das OKRs e as vantagens de utilizá-la. Veja!

Metas a curto prazo

Com foco em metas a curto prazo, as OKRs têm como proposta tornar os objetivos mais tangíveis para os empreendedores e sua equipe, o que dá mais chance de eles testarem em um menor espaço de tempo e também modificarem o que não está funcionando com mais agilidade e eficiência.

É importante destacar que essas metas devem ser mensuráveis, pois essa é uma metodologia pautada em métricas e dados como todas as outras. Portanto, ao final do processo de análise, o gestor deve ser capaz de medir os resultados baseado, neste caso, em um objetivo que a empresa quer atingir e nos resultados-chave que ele designou que vai alcançar.

Clareza e simplicidade

Todo o processo deve ser feito de forma extremamente clara e simples, para que a equipe possa entender o que deve ser buscado e se engaje facilmente com o propósito. Portanto, mesmo que demande mais trabalho e tempo, no momento da construção dos objetivos, é importante ser bem detalhista, para que tudo fique bem definido.

De modo geral, as OKRs cumprirão seu papel se estimularem a ambição de todos os times da empresa. Para isso, elas não podem ser impossíveis de alcançar e nem tão fáceis que não gerem entusiasmo. É importante também trabalhar sempre com o sentido de propósito, para que os resultados sejam alcançados de forma orgânica e não imposta.

Acompanhamento semanal

Diferentemente das técnicas mais tradicionais, as metas aqui são estabelecidas trimestralmente e não anualmente, além de os resultados-chave terem um acompanhamento semanal dos gestores — o que faz com que seja possível mudar ações para alcançar os objetivos do trimestre a tempo de ele acabar.

Depois disso, se os resultados não forem satisfatórios, o ciclo de aprendizado deve ser reiniciado, mas somente em relação aos últimos 3 meses — o que simplifica muito as coisas e torna a gestão de equipes mais eficiente.

Transparência

Uma das grandes vantagens é também no quesito “transparência”. Todas as equipes devem se inteirar das OKRs de outros setores, tanto para estimular uma saudável competição, como também para deixar bem claro quais são as prioridades de seus colegas — o que evita que atividades que não auxiliarão no desenvolvimento do projeto sejam realizadas e ideias sem propósito sejam executadas.

Nesse aspecto, o líder exerce um grande papel, pois deve fazer com que o andamento das equipes esteja alinhado com os da empresa para garantir que o crescimento aconteça de forma equiparada e estruturada. Esse é, com certeza, um dos maiores desafios de todo o processo, mas, quando atingido, gera muitos benefícios.

Tomada de decisão a partir de dados

Uma das grandes responsabilidades dessa estratégia é alimentar a cultura baseada em dados dentro de uma companhia. Isso porque esses resultados passam a ser o guia para a criação das próximas estratégias, garantindo que todas as decisões sejam tomadas a partir da realidade encontrada em determinada etapa anterior.

Portanto, não há mais outra forma de gerir senão pelos insights gerados a partir do acompanhamento, em tempo real, dos dashboards.

Foco nos resultados

Você já viu ou vivenciou uma equipe com muita vontade de fazer acontecer e não conseguir chegar em lugar algum? Isso é muito comum, infelizmente. E é um desperdício imenso, além de uma enorme frustração, gastar recursos humanos, tempo e dinheiro para não atingir nenhum resultado concreto.

Isso acontece, principalmente, pela cultura herdada das técnicas tradicionais que acabavam focando mais no esforço de realizar uma tarefa do que na meta atingida. Ao aplicar as OKRs, o empreendedor terá que lidar principalmente com resultados e tomar decisões a partir deles. Essa característica, que parece simples, é capaz de ditar grande parte da cultura organizacional de uma empresa.

Como vimos, as OKRs são uma ótima proposta para a comunicação de sua empresa, como também uma importante ferramenta de gestão. Porém, vale lembrar que mesmo que a metodologia seja uma ótima opção, ela não trará os resultados sozinha. Cabe ao líder e gestor utilizá-la da melhor forma.

Este é um método ideal para o mercado altamente competidor que temos atualmente, que exige do empreendedor uma agilidade única e a capacidade de aprender com os erros rapidamente. Portanto, cabe aos responsáveis entender que falhar é parte do caminho para o sucesso e isso acontecerá muitas vezes!

Gostou de entender melhor o que são as OKRs e como elas podem ajudar na gestão das startups? Esperamos que este artigo tenha aumentado suas perspectivas e ajudado você a ir mais longe! Quer que a Bluefields lhe ajude a encontrar os melhores resultados? Entre em contato com a gente agora mesmo!

Escreva um comentário

Share This