Você sabe como adquirir capital para startups? Leia neste artigo!
aceleradora de startupsPowered by Rock Convert

A falta de dinheiro é um dos principais obstáculos para novos empreendedores. É comum encontrar pessoas com excelentes ideias de negócio, mas que não conseguem concretizá-las por esse motivo. É o seu caso? Para que o seu empreendimento não morra prematuramente, é fundamental saber como buscar capital para startups.

Há várias possibilidades de investimento, mas é necessário escolher aquela que esteja de acordo com a realidade da empresa, levando em consideração o seu estágio de amadurecimento. Afinal, os valores para iniciar uma startup ou para expandi-la são diferentes, e é preciso saber a quem recorrer em cada circunstância.

Quer alavancar o seu negócio? Confira, abaixo, as melhores alternativas para adquirir o capital de que a sua startup precisa para sair do papel e se tornar uma realidade!

Dinheiro de amigos e familiares

Para iniciar uma ideia de empresa, uma das opções mais recorrentes é pegar emprestado dinheiro de amigos e familiares. A grande vantagem de ter o apoio dessas pessoas é a facilidade de negociação para a quantia emprestada e como ela será paga.

Assim, pode-se evitar toda a burocracia de fazer empréstimo em uma instituição financeira, uma vez que basta fazer uma apresentação didática do projeto e mostrar as suas previsões de resultados.

No entanto, é importante ressaltar que mesmo que os seus apoiadores estejam acreditando no sucesso do empreendimento, eles devem estar cientes de que o retorno pode demorar mais do que o esperado ou até mesmo não acontecer, em decorrência de problemas internos ou externos.

Investidor-anjo

O investidor-anjo caracteriza-se como uma pessoa física que dispõe de capital próprio suficiente e uma bagagem de conhecimento que ajuda empresas a crescerem, posteriormente recebendo um retorno com lucro sobre o dinheiro aplicado.

Na atualidade, esse é um dos meios mais utilizados para conseguir capital para startup, sendo praticado, principalmente, por negócios que estão iniciando. Os investidores-anjo estão presentes desde em instituições que fomentam o empreendimento até em eventos e feiras com essa finalidade.

Para aumentar as suas chances de conquistar esse investimento, é necessário prestar atenção nos seguintes passos:

  • montar um pitch de apresentação;
  • construir um plano de negócio;
  • fazer projeções de aplicação do investimento, custos, ganhos e aquisição de clientes;
  • buscar um investidor que esteja em harmonia com o nicho da empresa.

Capital semente

Os fundos de capital semente podem ser utilizados até por startups em fase conceitual de solução, que ainda não lançaram nenhum produto no mercado. Esses fundos são formados por investidores que, juntos, aplicam o capital, o que diminui o risco de cada um e permite que haja um aporte maior do que o encontrado em um investidor-anjo.

Assim como na alternativa anterior, os integrantes do fundo de capital semente também obtêm um lucro que está ligado ao crescimento da startup ou à sua venda em longo prazo, após um grande desenvolvimento em ritmo acelerado.

Venture capital

Procurar o venture capital é recomendável para negócios que já têm uma solução montada, estão rodando, têm uma base de clientes e conseguem provar que são uma startup escalável, ou seja, com possibilidade de crescimento rápido e que, portanto, é viável em termos financeiros e de mercado.

No geral, essa aplicação é feita em empresas que desejam aperfeiçoar o seu serviço ou produto e expandir a sua marca de uma maneira acelerada.

Os fundos venture capital são compostos por investidores que aportam valores acima de R$ 500 mil para cada projeto, podendo chegar a centenas de milhões, de acordo do tamanho do fundo.

Em troca da aplicação, os fundos participam do capital dos empreendimentos que recebem os investimentos e lucram com o desenvolvimento deles, incluindo desde operações de vendas do negócio até a abertura de capital direto na bolsa de valores.

Crowdfunding

O crowdfunding consiste em um fundo de financiamento coletivo aberto por meio da internet, em sites específicos, em que as pessoas que se identificam com a ideia de negócio ajudam o empreendedor com depósitos em uma quantidade ‘’x’’ na conta bancária fornecida.

Para conseguir atingir a meta de investimento, o empreendedor tem que divulgar muito a sua ideia, o que pode ser feito pelas redes sociais, marketing boca a boca, entre outros métodos.

Os investidores podem ou não ser contemplados com uma recompensa, como receber o produto em primeira mão ou ter acesso a um serviço exclusivo. Essa opção é uma forma simples e rápida de obter o capital almejado para executar um projeto com apelo popular, com a vantagem de ter uma baixa contrapartida.

Incubação de empresas

As incubadoras são mais apropriadas para startups em fase inicial, pois concedem espaço físico para a realização do trabalho, o que reduz custos, além de aplicarem investimentos efetuados a partir de editais de verbas públicas e focarem a inovação e crescimento do negócio.

Além disso, essas empresas têm como particularidades apoiar empreendimentos que não são tão escaláveis, permitindo que até mesmo os negócios que ainda precisam crescer para ter escala possam participar, contam com um plano de negócios completo e são mais burocráticas, visto que o procedimento envolve verba pública.

Aceleração de startups

As aceleradoras funcionam como organizações que depositam os seus investimentos em startups com ideias que lhes possibilitam ser empresas de crescimento rápido por meio da escala das atividades e dos lucros com a fatia de mercado.

Quando um empreendedor busca esse tipo de apoio, no geral, recebe mentoria de profissionais especializados no nicho em que pretende abrir o negócio, rede de contato para desenvolvimento, auxílio para adquirir clientes, proximidade com outras empresas para possíveis parcerias e ajuda para modelar o empreendimento.

Em contrapartida ao conjunto de investimentos oferecidos, as aceleradoras solicitam uma pequena participação no capital da empresa, que é de, no máximo, 20%. Ao optar pela aceleração, você recebe um suporte completo e eficiente para colocar a sua ideia em prática e ser bem-sucedido.

Você precisa de capital para startups? Com a BlueFields, a sua ideia de negócio recebe toda assistência necessária para chegar ao mercado e engrenar de vez.

Quer saber mais? Entre em contato com a BlueFields e saiba como podemos ajudar você!

Escreva um comentário

Share This