Como montar um negócioPowered by Rock Convert

A gestão de equipes é um dos maiores desafios do líder de qualquer empresa. Afinal, estamos falando de um processo que visa obter o melhor de cada funcionário. É necessário gerenciar e agir ativamente para obter rendimento, preservando, antes de qualquer coisa, a motivação e o engajamento — fatores essenciais para atingir bons resultados em uma startup.

Nesse sentido, a figura de um líder competente e respeitado é de suma importância para assegurar o alinhamento de esforço com as metas de cada tarefa e monitorar o desempenho dos seus colaboradores. Assim, é possível ajudá-los a render mais, tendo em mente que todos os aspectos do ambiente de trabalho podem os influenciar.

Quer elevar as chances de sucesso do seu negócio? Confira, abaixo, as melhores práticas para gerenciar a sua equipe!

1. Conheça bem o seu time

Imagine contratar um funcionário para a área de atendimento, treiná-lo, mas, na hora de testá-lo na prática, descobrir que ele não tem autoconfiança, e por conta disso não consegue atender aos clientes como você gostaria.

Na maioria das vezes, ao se deparar com essa situação, os gestores preferem despedir o funcionário, o que significa gastar mais dinheiro e tempo para recrutar e treinar o substituto.

Para não chegar a esse ponto, é imprescindível conhecer bem a sua equipe desde o momento da contratação, avaliando se o candidato tem o perfil apropriado para exercer a função que a sua empresa necessita.

Mesmo após contratar o colaborador, é importante analisar continuamente o seu desempenho, de modo a identificar os seus pontos fortes e fracos, a fim de aprimorá-los cada vez mais e certificando-se de que ele está adequado ao cargo que ocupa.

2. Otimize a comunicação entre a equipe

O e-mail é considerado a principal ferramenta quando o assunto é o contato dos colabores entre si dentro das empresas. Contudo, apesar da sua relevância, as companhias já podem encontrar no mercado aplicativos mais modernos e produtivos, que permitem a troca de mensagens e arquivos, que são capazes de agregar praticidade para o cotidiano da equipe.

A partir de um bom sistema de comunicação interna, como o Google Hangouts, os gestores conseguem conversar em tempo real com os seus funcionários e compartilhar todas as informações necessárias de uma forma mais organizada.

3. Estabeleça processos e padrões

O gerenciamento de equipe bem-sucedido é aquele que evita a ocorrência de erros provenientes da falta de organização ou falhas de comunicação. Diante disso, é preciso implementar padrões a serem seguidos e repetidos na execução das tarefas diárias. Para tal, o seu grupo deve estar a par dessas informações.

O time que sabe como atuar em todas as circunstâncias tende a desempenhar as suas funções sem obstáculos, com maior facilidade e eficácia. Portanto, analise todos os pontos que podem gerar problemas e defina métodos para neutralizá-los.

Além disso, é recomendável estudar todo o tipo de atividade que a sua empresa realiza e procurar por oportunidades para estabelecer novas diretrizes. Porém, tenha cuidado para que os processos não fiquem muito engessados, pois o objetivo é tornar tudo mais fácil, e não fazer com que o trabalho fique complicado e inflexível.

4. Compartilhe objetivos e valores

Dificilmente, os colaboradores conseguirão atingir as metas propostas se não forem corretamente orientados. Levando isso em consideração, compartilhe os objetivos e valores da empresa com a sua equipe. Isso possibilita que todos fiquem conscientes do que é importante para a startup e de que maneira podem contribuir positivamente com o seu planejamento.

Deixe claro para o time quais são os objetivos para cada período, os prazos de entrega que devem ser respeitados, e os valores priorizados no projeto. Esses dados precisam ser documentados formalmente e colocados à disposição de todos.

Na sequência, é indicado criar meios para mensurar a satisfação dos clientes, como a aplicação de questionários. Com isso, você verifica o nível de contentamento e adéqua o esforço. Por meio desse procedimento, é viável descobrir se os colaboradores estão alcançando os objetivos almejados e trabalhar para promover melhorias contínuas.

5. Mantenha os colaboradores engajados

Para que os funcionários respondam às demandas com agilidade e cooperem com o bom andamento dos projetos, é necessário que estejam sempre antenados com o que o gestor promove. Se um colaborador foi designado para uma determinada tarefa, mas não a executa com eficiência, é provável que não esteja devidamente engajado.

Nesse contexto, é preciso valorizar o time, evidenciando que os recursos e esforços externos ajudam, mas que a maneira como cada colaborador interage com os seus colegas e gestores pode ser determinante para o sucesso das iniciativas da organização.

Sendo assim, ressalte a importância da colaboração para potencializar os resultados do negócio. Ao contar com uma equipe engajada, você pode ficar tranquilo para cuidar de questões mais relevantes, pois sabe que os colaboradores estão se dedicando às suas respectivas responsabilidades.

A preocupação com gestão de equipes deve ser constante, uma vez que a qualquer momento podem aparecer situações que exigem a sua atenção. Deixar esse aspecto de lado pode ser extremamente prejudicial, pois é o seu time que garante a qualidade do serviço prestado.

Quer alavancar a sua startup? Entenda o que são as chamadas sessões de aceleração!

Escreva um comentário

Share This