aceleradora de startupsPowered by Rock Convert

Já imaginou montar uma startup, ser um empreendedor de sucesso e impactar, de maneira positiva, a sociedade? Se a sua resposta é sim, saiba que existe uma forma de colocar a ideia em prática!

Utilizando o conceito de Business as Mission, é possível construir um negócio que proporcione benefícios sociais, econômicos e ambientais por meio da aplicação de valores e princípios cristãos.

Traduzido para o português, o termo corresponde à junção das palavras “negócios” e “missões”. Ao longo da história, a combinação delas foi usada de diversas formas pela igreja.

No entanto, com a globalização e os avanços tecnológicos, o sentido está mais ligado ao chamado para os fiéis integrarem as práticas e metas empresariais com a divulgação do evangelho no mundo.

Quer descobrir como isso pode ser aplicado no seu empreendimento? Siga com a leitura abaixo e descubra!

Afinal, o que é Business as Mission?

Business as Mission (BaM) tem diversas definições e pode ser conhecido também pelas expressões Transformational Business (negócios transformacionais), Business for Blessing (negócios para benção) e Missional Business (negócio missional).

Porém, um dos principais significados diz respeito ao objetivo de promover a transformação positiva das pessoas e da comunidade por meio das atividades desenvolvidas em negócios lucrativos.

BaM é como uma resposta para a prece “Venha nós o Teu reino, seja feita a Tua vontade, assim na Terra como no Céu”, pois propõe a aplicação prática dos valores e princípios cristãos no mundo dos negócios.

Como funciona e quais são os seus propósitos?

Existem inúmeros propósitos relacionados ao Business as Mission. Como exemplo, podemos citar a promoção de educação para empreendedores atuarem em missões; a criação de riqueza sustentável; a geração de mais empregos; e a transformação da sociedade em todos os aspectos da vida.

Os empreendimentos que funcionam com base nesse conceito disseminam, por meio de suas ações diárias, a Palavra e os ensinamentos cristãos para todos os envolvidos, sejam eles clientes, fornecedores ou colaboradores.

Assim, é possível utilizar, de forma consciente, a moral e a ética bíblica, de modo que sejam naturais no dia a dia. Na prática, isso significa:

  • fazer uma propaganda respeitável para o cliente;
  • usar os recursos do meio ambiente de forma equilibrada;
  • promover o bem-estar de todos que trabalham no negócio.

Como o conceito pode ser aplicado na sua startup?

O BaM tem as mais variadas formas de aplicação para a sua startup. Em primeiro lugar, o conceito estimula a aplicação dos ensinamentos bíblicos em todas as etapas relacionadas aos negócios, desde a estruturação até a captação de recursos.

O segundo ponto de destaque é o de favorecer o crescimento da sociedade e a expansão dos princípios e valores cristãos para mais pessoas. Além disso, tende a aumentar a riqueza material e espiritual das startups não apenas por meio do trabalho honesto, mas também com as conversões.

Agora, talvez você esteja pensando por onde começar, certo? A Bluefields, por exemplo, oferece ao empreendedor o programa The Big BaM!, pré-aceleração completa para startups baseado nos conceitos de Business as Mission.

Para saber mais sobre como ele funciona, siga as nossas redes sociais! Estamos no LinkedIn, no YouTube, no Facebook e no Instagram! Até a próxima!

18 Comments

  1. Wesley Dolghie Reply

    Que maravilhosa essa ideia, não podemos ser cristãos somente dentro da igreja, isso é muito fácil, somos uma totalidade, não “andamos por ai” na semana sendo carne e no domingo espírito. Temos que mostrar ao mundo quais são nossos valores e princípios, andarmos como a palavra e nos negócios na Ética de Ef 6. Abraços e parabéns pela iniciativa. Deus os prospere.

  2. estou com vcs, procuro pessoas com a mesma visao, quero aprender com vcs para ensinar sobre isso a empreendedores. sou Dr SP mas agora estou no sul de MG em homeoffice em uma pequena igreja. Quero participar.

  3. Sou consultor e pesquisador cristao e trabalho com emprendedores eticos e com justica social. Gostaria de elogia este projeto sustentavel. Abraco Mozart justino vaz.

Escreva um comentário

Share This