Autor

Bluefields

Browsing

Como construir um plano de ação para a estruturação do seu negócio?

A capacidade de gestão de um empreendedor é uma das grandes habilidades que trazem o sucesso de um negócio. Isso porque é preciso muita organização e planejamento para que se consiga administrar todas as demandas de um projeto. Uma boa forma de começar a fazer isso é por meio da criação de um plano de ação estratégico. Isso ajudará o gestor a construir um cronograma de atividades e metas que devem ser cumpridas e que nortearão aquelas atividades diárias realmente importantes para atingir os objetivos do empreendimento. É muito comum, principalmente no momento de estruturação de um modelo de negócio, que as empresas gastem muito tempo e dinheiro em atividades que não vão trazer um resultado concreto. Agora que você já entendeu como essa ferramenta pode auxiliar no alcance de seus resultados, separamos algumas dicas para que você consiga construir um. Confira! Tenha metas concretas O que você quer alcançar?…

Saiba como manter um bom relacionamento com clientes potenciais!

Quando os resultados obtidos em uma empresa não condizem com os esforços realizados, possivelmente, o seu problema está relacionado à taxa de conversão de leads. Isso significa que você não está conseguindo transformar os clientes potenciais em consumidores do seu serviço ou produto. Para converter um número maior de leads, é essencial conhecer bem os seus possíveis compradores. Ao fazer isso, o empreendimento passa a entendê-los melhor, o que lhe permite ter embasamento para direcionar as campanhas de marketing e vendas corretamente. Assim, pode-se oferecer o produto certo para o cliente certo. A obtenção das informações necessárias para tal só é viável a partir da manutenção de um bom relacionamento com o seu público-alvo. Quer saber como? Confira, abaixo, como se manter próximo dos clientes em potencial e aumentar as chances de vendas! Faça um inventário dos clientes Embora conheça bastante sobre os seus consumidores, você não consegue armazenar tantos…

Cultura organizacional: conheça 4 práticas adotadas pelas startups!

Cultura organizacional para startups não costuma ser uma das grandes preocupações dos empreendedores, principalmente no início, quando se tem poucos colaboradores. Porém, ao contrário do que se pensa, primar pelo fomento de um ambiente saudável e construtivo desde o começo faz toda a diferença. Um dos motivos é que, se a sua startup crescer rapidamente e se tornar escalável, você já terá uma estrutura de valores mais solidificada que auxiliará na gestão de novos funcionários e das novas demandas. Além do mais, algumas características, quando muito enraizadas, são quase impossíveis de se modificar depois de muito tempo. Para lhe ajudar a pensar melhor sobre isso, separamos 4 práticas culturais adotadas pelas startups. Confira! 1. Motivar os colaboradores Uma prática bem conhecida das startups é que, ao contrário das empresas tradicionais, elas não se apegam muito a detalhes como modo de se vestir, horários e locais de trabalho. Elas estão focadas…

OKRs: o que são e como elas ajudam na gestão das startups?

Ter uma estratégia de negócios bem estruturada, com objetivos claros, tem se mostrado cada vez mais um grande diferencial competitivo — principalmente no mundo globalizado em que vivemos, no qual o mercado de nossos concorrentes é agora de nível mundial e não apenas local. Nesse contexto é que as OKRs se tornaram uma metodologia de sucesso. Da sigla em inglês “Objective and Key Results”, a princípio elas foram testadas e validadas pelo Google, que passou de uma equipe de 40 funcionários para 60 mil em pouco mais de 10 anos. Essa realidade demonstrou o poder da ferramenta, que tem sido útil para empresas de qualquer tamanho, sendo utilizada, inclusive, pela Netflix. Quer saber mais sobre as OKRs e suas características? Confira o post que preparamos sobre o assunto! Como funcionam as OKRs? Na prática, a ferramenta é aplicada para ajudar a alinhar as perspectivas e propósitos da empresa com os…

Aprenda como fazer a gestão de redes sociais de forma eficiente!

Se antes era um diferencial, hoje a gestão de redes sociais se tornou uma necessidade para as empresas que almejam manter uma boa comunicação com o seu público, como clientes e formadores de opinião. Afinal, essas ferramentas são cada vez mais utilizadas pelas pessoas e podem influenciar diretamente nas decisões de compras de produtos e serviços. Diante disso, gerir as plataformas digitais de forma correta é essencial para construir uma imagem positiva do seu negócio e, principalmente, um relacionamento eficiente com o público-alvo — o que significa aumentar as suas possibilidades de vendas e lucros. Esse processo consiste na adoção de práticas para administrar os perfis virtuais da empresa de maneira profissional, com a finalidade de expandir a marca. Quer melhorar a sua comunicação online? Confira, abaixo, como fazer uma gestão assertiva das suas redes sociais! Conheça bem a sua audiência Saber detalhadamente quem é o seu público é fundamental…

Conheça os 5 principais indicadores de desempenho para startups

Entender sobre indicadores de desempenho é uma prática imprescindível a qualquer tipo de negócio — mais ainda quando falamos de startups, empresas consideradas de alto risco e que precisam ser escaláveis. Além disso, conquistar liberdade financeira por meio de um projeto criado por nós mesmos é o sonho de qualquer empreendedor. Para que isso aconteça, porém, é necessário ter o máximo controle das estratégias de seu negócio. Pensando em lhe mostrar isso na prática, separamos 5 indicadores importantes para você começar a aplicar facilmente agora mesmo. E não se preocupe: esse processo não é tão difícil e chato quanto parece e lhe ajudará muito na gestão de sua startup, na avaliação de suas estratégias e no alcance do sucesso. Confira! 1. Custo para Aquisição de Clientes (CAC) Esse método tem como objetivo saber quanto de recurso da empresa está sendo gasto para conseguir um cliente. Para isso, é preciso listar…

4 ferramentas de pesquisa de mercado para você conhecer

O gerenciamento de uma empresa envolve a tomada de decisões que têm certo grau de incerteza, tanto das informações em que se baseiam quanto das consequências que vão gerar. Diante disso, para aplicar uma gestão mais assertiva, conhecer as ferramentas de pesquisa de mercado é essencial para levantar dados seguros e que sirvam de alicerce para o seu planejamento. Mas, primeiramente, vamos entender o que é pesquisa de mercado. Ela pode ser definida como um estudo que colhe informações sobre fatores imprescindíveis para desenvolver estratégias certeiras para que o empreendimento possa atingir os seus objetivos. É importante porque aponta aspectos quantitativos dos consumidores, como potencial e participação da empresa no mercado, e qualitativos, como hábitos de consumo, características comportamentais, renda, escolaridade e estilo de vida. Além disso, você pode analisar a estratégia dos seus concorrentes, verificando os pontos fortes e fracos dos mesmos, e tem acesso às características dos fornecedores,…

6 dicas para desenvolver inteligência emocional nos negócios

O sucesso de um empreendedor depende de um conjunto de fatores, como conhecimento sobre gestão de negócios, disponibilidade de capital para investir e inteligência emocional. Apesar de muita gente achar que esse último passa longe do universo empresarial, ele está presente a todo o instante. Isso porque o que move os empreendimentos são pessoas regidas pelas suas emoções, tanto positivas quanto negativas. Quer saber mais sobre inteligência emocional nos negócios? Confira o post que preparamos sobre o assunto! A importância da inteligência emocional A inteligência emocional pode ser definida como a habilidade de identificar os nossos próprios sentimentos e os daqueles que estão ao nosso redor, de nos abastecermos de motivação e de administrar bem as emoções dentro de nós e nos relacionamentos. Segundo o psicólogo Daniel Goleman, que difundia essa teoria, ter um QI alto não é sinônimo de felicidade. Nesse contexto, isso explica porque alguns indivíduos muito inteligentes…

Saiba como construir um modelo de negócio canvas para startups

Quer transformar sua ideia em uma grande empresa? Uma boa forma de começar é colocar no papel e visualizar todas as implicações que isso vai gerar, desde proposta de valor à estrutura e custos — e a forma mais prática de fazer isso é por meio da construção de um modelo de negócio canvas. Não sabe o que é isso? Não se preocupe, nós explicamos: o canvas é uma ferramenta proposta pelo pesquisador suíço Alexander Osterwalder, que surgiu depois de vários testes que buscavam encontrar um modelo de negócios ideal para empresas inovadoras — como as startups, que precisam validar uma ideia e modelá-la de forma rápida. A metodologia proposta por ele é bem simples: representar em apenas um quadro, de forma totalmente visual, os passos essenciais que um empreendedor precisa tomar para ter uma empresa rentável no mercado. Diferentemente dos planejamentos estratégicos mais tradicionais, esta é uma forma eficaz…

Como garantir segurança jurídica para sua startup? Confira

Está preocupado com a segurança jurídica da sua empresa? Provavelmente, se isso está acontecendo, há grandes chances de ser porque você já passou algum aperto antes. Afinal, a cultura jurídica de empreendimentos aqui no Brasil não é uma prática muito difundida, já que ainda contamos com uma grande parcela dos negócios do país operando na informalidade. Esse histórico acaba fazendo com que os empreendedores de primeira viagem, que não têm uma mentoria adequada, coloquem seus negócios em risco. O que é importante você entender é que a segurança jurídica protege sua empresa, mas também ajuda a promover sua inovação — como foi o caso do Uber, que só conseguiu entrar nas cidades do mundo se inteirando das leis vigentes e tendo confiança nas decisões que teria de tomar. Pensando em auxiliar você nessa busca, separamos neste texto alguns pontos jurídicos imprescindíveis para a sua startup. Confira! Entenda as implicações jurídicas…